Mulher é presa ao tentar levar drogas nas partes íntimas, para dentro da Cadeia Pública de Mossoró

vagina

Joana Batista da Silva, 28 anos, natural de Areia Branca foi à Cadeia Pública de Mossoró, na manhã desta terça feira, 11 de junho de 2019, para visitar o irmão dela, que está preso na unidade  pelo crime de tráfico de drogas e levava consigo, 100 gramas de maconha, e 10 gramas de pó (cocaína) embalados com preservativos.

Ao passar pela revista, Joana demonstrou nervosismo, o que chamou a atenção dos agentes penitenciários de plantão, que resolveram ter uma conversa minuciosa com a suspeita e ela acabou confessando que transportava drogas nas partes íntimas.

O material segundo ela teria como destino o seu irmão, Alípio José da Silva, que está preso e já tem condenação por tráfico de entorpecentes. Ao receber voz de prisão, Joana Batista, foi levada pela equipe de agentes comandada pelo diretor da unidade prisional, José Fernandes, para a delegacia de Narcóticos, onde serão realizados os procedimentos cabíveis.

O delegado da especializada, Dr. Alex Wagner deverá autuá-la por tráfico de drogas, com agravante já que o material ilícito foi apreendido dentro de uma unidade prisional. Joana Batista da Silva será encaminhada à Ala Feminina da Penitenciária Mário Negócio.

material

11/06/2019

Postado às 12:03

Nenhum comentário

Comentar