Polícia Civil

Inquérito que apura assassinato de mestre de obras nos três Vinténs chega a Delegacia de Furtos e Roubos

Imagem
Francisco Benjamin morreu no Hospital Tarcísio Maia

O inquérito policial que apura a morte do mestre de obras, Francisco Benjamin de Oliveira, 52 anos, baleado no último sábado (09), durante um assalto no Loteamento Três Vinténs em Mossoró, chegou nesta quarta (13), à Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR).

Segundo o delegado da especializada Dr. André Albuquerque, os levantamentos feitos pela Polícia Civil comprovam que o mestre de obras foi vítima de um latrocínio (roubo com causa de morte), uma vez que além de pertences de outras vítimas que estavam no local do assalto, a arma dele também foi levada pelos bandidos. 

O delegado da Defur, conversou com o Fim da Linha e disse que as investigações serão iniciadas nesta quinta feira (14) onde inicialmente, testemunhas serão convocadas a depor. O mestre de obras, que segundo a polícia não tinha qualquer envolvimento com ilícitos, morreu no Hospital Tarcísio Maia dois dias depois de ser baleado.

Outras duas pessoas, que estavam bebendo com Francisco Benjamin, no local, também foram baleadas, atendidas no HRTM e liberadas. Este foi o segundo latrocínio ocorrido em Mossoró nos três primeiros meses do ano de 2019.

14 de Março de 2019

Postado às 09h30min

Nenhum comentário

Seja o primeiro a comentar

Esconder formulário