publicidade

Mossoró, 17 de Outubro de 2017

100º Morte violenta em Mossoró 2017: Suspeito de assaltos e homicídios morre em confronto com a Polícia Civil

17 de Maio de 2017

Postado às, 13h32min

Uma operação conjunta da Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR) e da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE), desencadeada nesta quarta feira 17 de maio, desarticular ou quadrilha que vinha praticando assaltos com arrastões e homicídios na cidade de Mossoró no Oeste Potiguar.

Os policiais estouraram duas casas, localizadas no Loteamento Três Vintêns,que segundo o delegado da Defur, Luiz Fernando, estavam sendo usadas como esconderijos do grupo criminoso.

Durante a abordagem, um dos suspeitos, identificado como Everton Fernandes da Silva, "Cupim" de 18 anos trocou tiros com os agentes civis e acabou sendo baleado e morto.

Ele ainda foi socorrido pelos próprios policiais para o Hospital Tarcísio Maia, mas não resistiu e morreu ao dar entrada naquela unidade hospitalar.

Outros dois suspeitos,identificados como Abdiel da Silva Domiciano de 22 ano,que participou da chacina do baile Funk em abril desse ano no bairro Boa Vista e que está com três mandados de prisão por homicídios,e Alexandre de Abreu Dantas, foram presos na operação.

Os policiais apreenderam uma Caminhoneta Hilux, roubada na manhã deste quarta feira, durante arrastão no bairro Aeroporto, um Onix branco, também roubado, uma Pistola calibre 9 milímetros, que estava com Abdiel e uma revolver calibre 38 que estava com Cupim. Os agentes apreenderam ainda um vasto material roubados de vítimas de arrastões.

Alexandre de Abreu Dantas e Abdiel da Silva Domiciano 

 

Revolver foi apreendido com Cupim durante a operação

Envie seu comentário:

Digite o código pra enviar seu comentário:

Obs: Coloque da mesma forma como está na imagem respeitando se for maiúsculo ou minúsculo.

Comentários:

VERTINHO
17/05/2017 - 17:41 hs

Toda equipe da polícia que participou da operação que desarticulou esta maldita quadrilha e tirou de circulação o Everton Fernandes da Silva (CUPIM), está de parabéns. As comunidades dos bairros Barrocas, Paredões, Bom Jardim, Santo Antônio, Santa Helena, Nova Mossoró, Três Vinténs etc... Tem que tirar o chapéu para equipe desses heróis. Todos temos plena consciência, que trata-se de um grupo de cangaceiros que viviam aterrorizando a todos, não respeitando ninguém, nem mesmo as autoridades. Que assim continue, que assim seja feito! O bandido só deve ter dois direitos oferecidos pelo estado: "CADEIA E CEMITÉRIO", de preferência o CEMITÉRIO. Em nome das comunidades acima citadas e de todo cidadão, que trabalhando e suando para dar uma vida digna a seus familiares, fica aqui nossos mais sinceros agradecimentos. PARABÉNS A TODA EQUIPE DE POLICIAIS.

Mãe de uma vítima desse demônio
17/05/2017 - 18:38 hs

Deus não tarda nem falha ele age na hora certa e eu não tenho dúvida um por um vai pagar o que fizeram monstros filhos do capeta.

Indiignada
17/05/2017 - 22:27 hs

Parabéns a polícia por mas esse belo trabalho em colocar esse bandido abdiel e o resto dessa corja na cadeia mas era melhor que tivesse matado esse abdiel que matou gente inocente como o gari e os do belo horizonte todos os bairros citados acima agradece belo trabalho bom que se no Brasil tivesse pena de morte pra esse abdiel fosse o primeiro mas quem sabe num tem um na cadeia que faça esse favor

Bagaceira
18/05/2017 - 07:17 hs

Mais um Zé Ruela pro saco !

MORTE PARA BANDIDO
18/05/2017 - 09:40 hs

PARA O POLICIAL QUE ACERTOU O CUPIM E MATOU PARABÉNS PARA ELE. PARA OS OUTROS UM OBRIGADO PELA OPERAÇÃO. MÁS NA PRÓXIMA VEZ, VER SE CADA UM DOS POLICIAIS ACERTA UM BANDIDO E NO TOTAL MATAR TODOS. POR QUE ESSES VERMES TEM VÁRIAS PASSAGENS PELA POLÍCIA, ISSO QUER DIZER QUE ESSES VERMES VÃO SER SOLTOS LOGO LOGO. JÁ QUE A JUSTIÇA SOLTA, VAMOS MATAR QUE O CAPETA NÃO SOLTA. MORTES PARA ESSES VERMES.

Lexcos
22/05/2017 - 07:54 hs

Parabéns aos policiais que estão garantindo a nossa segurança de trabalhadores. Passagem direta para o cemitério para quem quer vida fácil às custas dos outros.

Copyright © 2011 Blog Fim da linha. Todos os direitos reservados

Topo