Tribunal do Juri Popular absolve dois e condena um dos três julgados pela morte da comerciante Lôba da Cobal

tjpDos três réus julgados nesta terça feira (09) pelo Tribunal do Juri Popular de Mossoró, acusados da morte da comerciante, Claudete Benício de Sousa, a " Loba da Cobal", crime ocorrido no início da manhã do dia 3 de dezembro de 2016, apenas um foi condenado a prisão.

Moisés Morais de GóisOscar Martins de Aquino Junior, que compareceram ao julgamento, foram inocentados da acusação e absolvidos pelo conselho de sentença. Já Maycon Douglas de Lima Silva, foi condenado a cumprir 16 anos de prisão em regime fechado. Como ele não compareceu a sessão de julgamento,já é considerado foragido da justiça, uma vez que o mandado de prisão dele foi expedido pelo juiz Vagnos Kelly de Figueiredo ao término da sessão de julgamento.

Outro acusado de envolvimento no assassinato, Lutcemberg Fausto Silva, compareceu a sessão, mas não foi julgado, porque seu advogado não foi ao juri alegando problemas de saúde. O julgamento de Lutcemberg deverá acontecer em outra ocasião.

09/07/2019

Postado às 18:00

Nenhum comentário

Comentar