114º Homicídio em Mossoró 2021: Metalurgico baleado durante assalto em sua casa morre no Hospital Tarcísio Maia

capa

O metalurgico Nilson Anivaldo da Silva de 28 anos, baleado na noite deste sábado 18 de setembro de 2021, durante um assalto em sua residência, no Loteamento Pousada dos Thermas em Mossoró, não resistiu aos ferimentos. De acordo com a PM dois bandidos armados de pistola, invadiram a casa da vítima, na Rua Francisca Alves da Silva para praticarem um assalto e quando o dono da casa chegava do trabalho e ao entrar na residência foi baleado na cabeça.

Um outro homem que estava na casa, foi alvejado com um tiro nas costas. As duas vítimas foram socorridas para o Hospital Tarcísio Maia, sendo que um foi levado por populares e Nilson diante da gravidade do seu estado de saúde, foi levado por uma ambulância de suporte avançado (ALFA) do SAMU.

De acordo com informações do Serviço Social da unidade hospitalar, por volta de 00h30min desta madrugada de domingo (19), Nilson não resistiu. O corpo dele será removido do necrotério do HRTM para o IML do ITEP onde será examinado e depois liberado para os familiares. Mossoró chega aos 114 assassinatos em 2021. 

A Delegacia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) deverá investigar o crime como latrocínio (Roubo com consequência de morte), para tentar chegar aos criminosos que tiraram a vida de um cidadão de bem.

capa

19/09/2021

Postado às 07:29

3 comentários - Comentar

Comentários

João
E muito triste essa realidade em que vivemos hoje,esses vagabundos so querem ter vida fácil,vejo muito na tv esses bandidos fazendo o que querem, ai quando a polícia pega um nao pode nem da um cascudo porque pode ser processado. E bom matar logo pra na empestar dessas pragas.
Enio Henrique …
Tem que cancelar o CPF desses vagabundos.
amara
interessante pra não dizer trágico, por que será que nas informações desse acontecimento não consta que no Tarcísio maia a maquina de raio X estava quebrada mais uma vez e ele precisava desse procedimento para poder fazer a cirurgia?
isso só nos mostra como a saúde de Mossoró esta um caus, pessoa morrendo por falta de um equipamento quebrado. agora nunca vamos saber se ele teria sobrevivido ou não, já que ele não teve o atendimento que precisava.
triste realidade, pagamos nossos imposto pra ter saúde, educação, ruas transitáveis, mas não temos.
mais uma família que fica sem filho, sem um esposo, sem um pai.

Comentar