131° Homicídio em Mossoró 2019: Homem de 28 anos é morto com tiros nas costas quando tentava fugir dos inimigos no Bairro Aeroporto

CAPA

Depois de um fim de semana sem homicídio, a cidade de Mossoró, localizada na região Oeste do Rio Grande do Norte começa a semana com registro de violência letal intencional. No início da noite, por volta das 18h25min, desta segunda feira 02 de setembro de 2019, a cidade registra mais um assassinato, o primeiro do mês e 131º do ano.

O crime aconteceu na Travessa Mota Neto, região do Ouro Negro, no Bairro Aeroporto, onde foi vítima, Robson Alencar de Oliveira, 28 anos de idade, morador da Rua Santa Izabel no Conjunto Santa Delmira.

O mesmo foi morto com cerca de três disparos de arma de fogo, nas costas. Segundo a PM que isolou o local do crime, a vítima trafegava de moto,quando foi perseguida por cerca de três homens desconhecidos, que estavam a pé atirando em sua direção.

Robson Alencar foi alvejado nas costas quando tentava escapar dos inimigos. A Polícia recebeu informações que a vítima estava na casa de um amigo, naquela localidade e teria saído para comprar bebidas e quando retornava acabou sendo assassinado, bem próxímo a casa onde estava.fimdalinha

Ao lado do corpo, a perícia criminal encontrou um saco plástico contendo bebidas e no bolso da vítima, algumas troxinhas de maconha. Ainda não há informações sobre a motivação do crime. O delegado de plantão Dr. Valtair Camilo de Paiva, esteve acompanhando o trabalho da perícia no local e falou com a imprensa, após o trabalho pericial.

A autoridade policial disse que as informações são poucas, uma vez que ninguém quis falar sobre o corrido e que a lei do silêncio impera no local. O delegado disse ainda que até o momento não há registros de antecedentes criminais contra a vítima.

Após a perícia, o corpo de Robson Alencar, foi recolhido e encaminhado para ser necropsiado no Instituto Médico Legal do ITEP e depois liberado para sepultamento. O crime será investigado em inquérito policial a ser conduzido pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Este é o centésimo trigésimo terceiro assassinato na cidade em 2019.

fimdalinha

02/09/2019

Postado às 18:41