Acusado de matar rival durante fuga em unidade prisional de Mossoró é absolvido em juri popular

O Tribunal do Juri Popular de Mossoró, julgou nesta quarta feira 27 de abril de 2022, o réu, José Emanuel Alves, de 26 anos, acusado de terma matado com golpes de arma branca, o apenado Jefferson Vieira Lopes Silva, crime ocorrido durante uma fuga, no dia 3 de outubro de 2015 na Penitenciária Mário Negócio em Mossoró.

Segundo a denúncia do Ministério Público, baseada nos autos do processo que tramitou na Delegacia de Homicídios de Mossoró, vítima e acusado  cumpriam pena no regime semiaberto naquela unidade prisional quando resolveram fugir. Na fuga houve um desentemdimento entre ambos e José Emanoel acabou matando colega de pena

O julgamento foi realizado através de vídeo conferência, tendo em vista que o réu José Emanuel vive atualmente em São Paulo e conseguiu, através de advogado, autorização para participar do julgamento por video conferência.

Durante o julgamento, ele alegou legítima defesa afirmando que a vítima, Jefferson era seu inimigo. Durante a fuga, ele teria sido atacado pelo rival ferido com uma facada  na região da coxa. O réu contou, ainda, que os dois entraram em luta corporal e que o mesmo acabou conseguindo tomar a faca do inimigo e com isso, desferiu-lhe os golpes que mataram a vítima.

De acordo com o inquérito não houve testemunhas do caso e por isso o Ministério Público, representado pelo promotor Ítalo Moreira Martins, entendeu que não havia provas que contrariassem a versão do réu e não pediu sua condenação. José Emanoel foi absolvido pelo Conselho de Sentença.

28/04/2022
Postado às 09:14

Deixe o seu comentário!