Acusados de matar uma mulher no Aeroporto II são presos em operação da Polícia Civil no Ouro Negro em Mossoró.

DHPP
Boladão o único que estava solto, foi preso na operação

Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), com apoio das equipes da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (DEFUR) e da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) do mesmo município, deram cumprimento, nesta segunda-feira (23), a mandados de prisão em desfavor de três homens suspeitos de praticarem de latrocínio contra Maria do Socorro Mendes de Oliveira. 

Investigações da Polícia Civil descobriram que suspeitos decidiram matar a mulher, com disparos de arma calibre 38 e calibre 12, devido ao roubo de um aparelho de televisão. O crime ocorreu no dia 24 de dezembro de 2019, no bairro Aeroporto I, no município de Mossoró.

A Operação deflagrada pela DHM resultou na prisão de, Kaio Gabriel de Albuquerque Melo, mais conhecido como "Boca Mole", 20 anos, o mandado em desfavor dele foi cumprido na Cadeia Pública de Caraúbas; Kalinton Caio de Souza Marcelino, mais conhecido como “De Menor” e/ou “Boladão”, 20 anos, preso em sua residência, n região do Ouro Negro no bairro Aeroporto e Wesley Rodrigo de Almeida Costa, mais conhecido como “Corumba”, 21 anos, o mandado em desfavor dele foi cumprido na Cadeia Pública de Mossoró.

“Os investigados são suspeitos de integrarem uma facção criminosa existente em uma comunidade de Mossoró, chamada "Ouro Negro", que fica localizada no bairro Aeroporto, onde foi realizada a operação, para prender os suspeitos.

Durante as investigações, a Polícia Militar conseguiu apreender as armas de fogo que teriam sido usadas pelos suspeitos e a DHM irá requisitar perícia de comparação balística”, detalhou o delegado Leonardo Germano. A Polícia Civil solicita que a população envie informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou pelo WhatsApp da Delegacia de Homicídios de Mossoró por meio do número: (84) 9 8118-1478.

24/03/2020

Postado às 12:32