Apenados em monitoramento eletrônico são advertidos durante operação da SEAP e da CEME em Mossoró

A Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP-RN), a Central de Monitoramento Eletrônico (CEME) e a Vara de Execução Penal (VEP) realizaram neste fim de semana em Mossoró, uma operação com objetivo de advertir os apenados em liberdade com uso de tornozeleira eletrônica e que estão descumprindo as regras do sistema de moniotoramento. A operação teve o apoio do Grupo de Escolta Penal (GEP) e atingiu cerca de 30 apenados.

De acordo com a SEAP, um levantamento feito pela Central de Monitoramento Eletrônico, identificou que alguns dos apenados que usam tornozeleira eletrônica, não estão cumprindo com as regras estabelecidas pelos Sistema e que isso acarretará a quebra de condicional e regressão de regime, ou seja os infratores poderão retornar para o regime fechado.

Todos os alvos, selecionados pela CEME receberam a visita das equipes envolvidas na operação e foram advertidos. Se continuarem descumprindo as regras e praticando falhas a Vara de Execução Penal expedirá mandados de prisão contra os infratores.

Durante a operação, um apenado, conhecido como “Timbica” foi recolhido, porque já havia um mandado de prisão contra o mesmo e utros dois monitorados, que romperam a Tornozeleira eletrônico, conseguiram se evadir, mas já estão com mandados de prisão em abertos expedidos pela VEP.

09/05/2022
Postado às 09:53

Deixe o seu comentário!