Corpo do professor vítima do coronavírus é enterrado em Mossoró em caixão lacrado

corona

O corpo do professor universitário Luiz Di Souza, vítima do novo coronavírus, foi enterrado na noite deste domingo 20 de março, em caixão lacrado, sem velório e com a presença de quatro familiares, que ficaram afastados do caixão. O professor morreu na noite de sábado (29) após passar uma semana internado no Hospital Wilson Rosado.

Ele foi a primeira vítima fatal do novo coronavírus no estado do Rio Grande do Norte. Segundo as autoridades da saúde, o professor que tinha 61 anos de idade, tinha histórico de diabetes e teria tido contato com suspeito da doença. Quatro pessoas da família receberam permissão para acompanhar o enterro, mas foram orientadas a não se aproximar do caixão.

O corpo do professor da Uern foi enterrado no cemitério São Sebastião no Centro de Mossoró e os funcionários do Campo Santo estavam usando proteção. De acordo com a secretaria de saúde do município, Mossoró tem 16 casos confirmados do novo coronavírus até este domingo (29).

fotoredessosicias
Reprodução Redes Sociais

30/03/2020

Postado às 10:46