Criminoso que estuprou e matou idosa de 61 anos em Baraúna no RN continua foragido

Vítima e acusado

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, procura o criminoso que estuprou e matou a pauladas, a idosa Adalgisa Fagundes Neves de 61 anos, que residia na cidade de Baraúna a 26 km de Mossoró na região Oeste Potiguar. A idosa foi encontrada na manhã do dia 23 de maio, desacordada e com multiplos hematomas na cabeça a ponto de ficar irreconhecível. O fato se deu na cidade onde ela morava.

Após ser socorrida para o Hospital Regional Tarcísio Maia em Mossoró, a vítima não resistiu a gravidade dos ferimentos e morreu no final da tarde. A Polícia Civil de Baraúna, comandada pelo DPC Luiz Fernando, deu início as in vestigações e chegou ao principal suspeito do crime, que chocou a cidade, devido a forma brutal como a idosa foi morta. Matheus Mangueira da Silva, tem 23 anos é natural do estado da Bahia, estava trabalhando em Baraúna e foi visto com a idosa na noite anterior ao crime.

A Justiça do Rio Grande do Norte, já expediu o mandado de prisão, no entanto ele está foragido. Segundo o delegado Luiz Fernando, o laudo do exame de conjunção carnal, solicitado, por ele ao ITEP, atesta que a idosa, foi violentada sexualmente antes de ser espancada. O delegado afirmou que o resultado do laudo foi anexado ao inquérito remetido à Justiça. A Polícia Civil pede ajuda para localizar e prender o criminoso. Qualque informação deverá ser direcionada para o número 181.

 
25/06/2022
Postado às 10:22

Deixe o seu comentário!