Dupla é presa pela Polícia Militar após praticar assalto em Mossoró e fugir para Baraúna

capa

Dois homens, sendo um maior identificado como Zenilson Bezerra Firmino Júnior  e outro menor de idade, foram inteceptados em uma barreira policial, na noite desta quinta feira 07 de outubro de 2021, na RN 015 no município de Baraúna na região Oeste do RN.. De acordo com infdormações da PM, os dois armados, teriam praticado um assalto em Mossoró, onde tomaram uma moto Bros e celulares das vítimas.

Após a ação criminosa, a dupla que chegou ao local do assalto em uma moto Biz com queixa de roubo em Assu, fugiu nas duas motocicletas pela RN 015 sentido Baraúna. A Polícia Militar foi acionada e saiu em diligências no sentido de localizar os suspeitos. A VTRs da Força Tática e de Baraúna que estavam na Operação RN mais Seguro, montaram uma barreira na altura da Comunidade de Juremal

Quando os dois indivíduos se aproximaram da comunidade e perceberam a fiscalização, tentaram furar o bloqueio, mas foram perseguidos e abordados. Com a dupla os policiais apreenderam uma arma de fogo do tipo escopeta compatível com munição calibre 12 com cano e cabo serrados, dois celulares que foram subtraídos das vítima e as motos Bros e a Biz, esta roubada no mês de setembro passado na cidade de Assu.

Os dois foram conduzidos à Delegacia de Plantão em Mossoró onde foram indiciados, pelo delegado plantonista. Zenilson Bezerra Firmino Júnior, foi autuado em flagrante por roubo (artigo 157) e corrupção de menor (artigo 244-B) e encaminhado à Cadeia Pública de Mossoró.

Já o adolescente foi autuado em flagrante por ato infracional análogo a roubo e encaminhado ao Centro de Assistência Sócio Esducativo Provisório (CASEP) em Mossoró. Os dois ficarão a disposição da justiça. As motos e os objetos roubados serão devolvidos às vítimas.

capa

08/10/2021

Postado às 08:11

1 comentário - Comentar

Comentários

Malvinas
Aqui é aviso para os bandidos do PCC vão procuram uma igreja católica ou evangélica, bicho vai no bairro Malvinas, mexendo família gente grande.

Comentar