Dupla que atirou e matou vendedor do Vuco Vuco pega 26 anos de prisão no fechado

capa
Marcelo e Gilvan condenados a 26 anos (Foto Júnior Dantas)

O Tribunal do Juri Popular de Mossoró julgou e condenou nesta terça feira 24 de novembro, Gilvan Gonzaga do Nascimento Neto, de 22 anos, e Marcelo Adriano do Nascimento Moura, de 22 anos, pelo assassinato do jovem vendedor do Vuco Vuco, Iury Pablo de Oliveira Mota, crime ocorrido no dia 22 de março de 2019, no bairro Alto da Pelonha, zona leste de Mossoró.

Gilvan Gonzaga Neto, foi condenado a 14 anos de prisão e Marcelo Adriano a 12 anos, penas que deverão ser cumpridas inicialmente no regime fechado da Penitenciária Mário Negócio em Mossoró. A condenação dos dois réus foi dada pelo Corpo de Jurados, que acatou a tese defendida em plenário pelo promotor de justiça, Ítala Moreira Martins, representante do Ministério Público do RN.

Os advogados de defesa bem que tentaram inocentar seus clientes, defendendo a tese de inocência de ambos, mas não obtiveram êxito. Para os advogados, os réus não teriam sido autores do crime e que seus clientes até teriam admitido, estarem no local, mas acusaram outras pessoas pela autoria do assassinato do jovem. Diante da decisão do Corpo de jurados em condenar os réus, coube ao juiz presidente do TJP, Dr. Vagnos Kelly aplicar a pena prevista em lei de 26 anos de prisão, sendo 14 para Gilvan e 12 anos  para Marcelo Moura.

24/11/2020

Postado às 20:36