Engenheiro paraibano condenado por favorecimento de prostituição infantil é preso no Rio Grande do Norte

capa

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar potiguar prendeu na manhã desta quarta-feira 29 de julho de 2020, um engenheiro de pesca condenado por favorecimento de prostituição infantil. João Adriano Carvalho Guerra é condenado pela Justiça da Paraíba a 7 anos de prisão e estava foragido. Ele foi localizado e preso em Barra do Cunhaú, praia do município de Caguaretama, no litoral Sul do RN.

Segundo a polícia paraibana, os crimes foram cometidos por João Adriano em 2007. A investigação apontou que ele trazia meninas menores de 18 anos de cidades do interior da Paraíba para a casa dele, em João Pessoa, onde havia o favorecimento à prostituição.

João Adriano Carvalho Guerra estava morando na praia de Barra do Cunhaú. Ele será encaminhado a João Pessoa e entregue ao Poder Judiciário daquele Estado.

Disque-denúncia 127

João Adriano foi localizado e preso após uma denúncia anônima feita ao Disque-denúncia 127, do MPRN. O número está disponível para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada. Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para [email protected].

Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

29/07/2020

Postado às 20:49