Justiça decreta prisão preventiva contra homem preso acusado de estupro em Mossoró

A Justiça decretou a prisão preventiva contra Douglas Santiago Barbosa Fernandes Pimenta, preso no final de semana, suspeito de estuprar uma jovem em um apartamento de Hotel na Avenida Presidente Dutra em Mossoró no Rio Grande do Norte. De acordo com informações da polícia, o preso teria conhecido a vítima através de internet e mantinha um relacionamento virtual vom a jovem.

No final de semana os dois se encontraram, foram a uma pizzaria e no retorno, o suspeito teria a convidado para pasar no apartamento do hotel, onde ele iria pegar algumas coisas. Ainda de acordo com a polícia, ao entrar no apartamento a jovem foi estuprada. O suspeito chaveou a porta e sob forte ameaça, para que a moça não gritasse, cometeu o ato sexual involuntário, mesmo estando a vítima em período de mestruação.

Após o ato criminoso, a jovem foi à Delegacia de Plantão registrar o Boletim de Ocorrência. A Polícia Milithar foi acionada e conseguiu prender o suspeito, que ainda estava no apartamento. Douglas foi conduzido à delegacia e autuado em flagrante por crime de estupro ( forçar alguém a praticar atos sexuais constitui crime definido no artigo 213 do Código Penal. O estupro consiste na imposição da prática sexual por ameaça ou violência, e tem como pena prisão de 6 a 10 anos).

Ao tomar conhecimento do fato, através de comunicado feito pelo delegado Valtair Camilo, o Ministério Público solicitou ao juiz de plantão, a decretação da prisão preventiva de Douglas Santiago Barbosa Pimenta. A justiça acatou o pedido MPRN e decretou a prisão. O suspeito permanece custodiado na Cadeia Pública de Mossoró e ficará preso preventivamente até uma segunda decisão do judiciário. O delegado Valtair Camilo, informou que flagranteado já respondia por outro estupro.

30/05/2022
Postado às 18:06

Deixe o seu comentário!