Morador de rua acusado de tentar matar a ex-companheira a facadas senta no banco dos réus nesta segunda feira em Mossoró

capa
Daniel será julgado por tentativa de feminicídio

O Tribunal do Juri Popular de Mossoró, volta a reunir em sessão ordinária, nesta segunda feira 06 de dezembro de 2021, para julgar um caso de feminicídio na forma tentada, crime ocorrido no dia 18 de novembro de 2020, por volta das 04h00min no estacionamento da Cobal no Centro de Mossoró, região Oeste Potiguar, onde foi vítima a moradora de rua Frankilene Basilio da Silva de 40 anos de idade, natural de Natal RN.

Será julgado, o também morador de rua, Daniel Souza de Almeira de 39 anos, natural de Fortaleza no estado do Ceará, acusado do crime. De acordo com a denuncia do Ministério Público Estadual, baseada no Inquérito Policial instaurando pela Delegacia da Mulher,  o réu tentou matar sua ex-companheira a facadas, não conseguindo seu intento, por motivos alheios a sua vontade.

A vítima depois de ferida foi socorrida pelo SAMU para o Hospital Regional Tarcísio Maia e depois de passar vários dias internada sobreviveu ao atentado. Daniel Souza, encontra-se preso na Cadeia Pública de Mossoró e será escoltado pelo Grupo de Escolta Penal (GEP) para o Fórum Municipal Silveira Martis, onde ocorrerá a sessão de julgamento.

Daniel Souza de Almeida será defendido por um defensor público, pago pelo estado. O Julgamento começa às 08h00min desta segunda feira e será presidido pelo juiz Vagnos Kelly de Figueiredo presidente do TJP. A acusação ficará a cardo do Ministério Público Estadual.

05/12/2021

Postado às 20:57

Nenhum comentário - Comentar

Comentar