Polícia Civil apreende arma de fogo, possivelmente usada no latrocínio do sub-oficial da Marinha em Mossoró

Policiais civis da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) com apoio da Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR), apreenderam no final da tarde de quarta feira 29 de junho, um revólver calibre 38, que segundo a polícia possivelmente foi o usado no crime de latrocínio, ocorrido na madrugada do último domingo (26) no bairro Bela Vista em Mossoró, que vítimou o subtenente aposentado da Marinha do Brasil, Ricardo Luiz dos Santos de 57 anos

A arma de fogo, foi localizada na casa de um homem, no Loteamento Pousada dos Thermas. Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido à DHPP para prestar depoimento sobre a procedência do revólver. De acordo com o delegado Rafael Arraes, durante o depoimento o homem disse que recebeu a arma das mãos de João Paulo Borges, preso durante a tarde em operação da DHPP. Segundo Arraes, João Paulo teria pedido ao homem preso, para guarda a arma em sua casa.

O conduzido foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, (artigo 14), mas não conseguiu pagar a fiança arbitrada pela autoridade policial, sendo ele encaminhado ao sistema prisional, onde deverá passar por audiência de custódia nesta quinta feira. A priori o delegado não ver indícios de envolvimento do flagranteado com a morte do sub-oficial.

30/06/2022
Postado às 09:26

Deixe o seu comentário!