Polícia Civil prende suspeitos por organização criminosa, roubos a banco e postos de combustíveis

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em uma operação integrada à Força Tarefa SUSP/RN, do Ministério da Justiça (FT SUSP/RN-SEOPI/MJ), à Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) da Polícia Civil da Paraíba (PCPB) e à Polícia Militar da Paraíba (PMPB), em ação integrada à Operação “Hórus”, prenderam, nesta sexta-feira (22), André dos Santos Dantas, 30 anos, mais conhecido como “André Queimado”, e Francisco Felipe dos Santos Sena, mais conhecido como “Riquinho”.

André dos Santos, natural de Currais Novos, foragido da Justiça há cinco anos, tinha em seu desfavor quatro mandados de prisão em aberto; um deles se referia ao roubo de duas agências bancárias em São Paulo do Potengi, ocorridos em 14 de outubro de 2020. Ele também é investigado por roubos a postos de combustíveis. Por sua vez, Francisco Felipe, natural de Cacimba de Dentro, foi preso em flagrante por posse de munições e receptação; além disso, ele é apontado como chefe de uma organização criminosa na Paraíba. Ambos foram conduzidos ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Essa é mais uma ação integrada à operação HÓRUS do programa Guardiões da Fronteira, da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (SEOPI/MJSP). A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 e/ou (84) 98135-6796 (WhatsApp).

*Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS*

22/07/2022
Postado às 16:59

Deixe o seu comentário!