Policial Penal confirma candidatura a vereador em Apodi

capa

O Policial Penal Márcio Morais oficializou sua candidatura no último domingo, 13, para concorrer a uma das vagas de vereador na cidade de Apodi/RN. A aprovação foi feita durante uma convenção municipal realizada na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do municipio. O evento reuniu representantes da aliança formada pelo Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Comunista do Brasil (PCdoB) e Republicanos.

Márcio Morais tem 42 anos e será candidato pelo PT. Essa é a primeira vez que o Policial participa como candidato em uma eleição. Conhecido no Estado por desenvolver projetos de ressocialização no Sistema Prisional, Márcio diz que participar da política é cumprir um dever como cidadão.

“Desejo ser vereador para mostrar que com trabalho e dedicação, podemos fazer muitas coisas positivas para nossa cidade. A população precisa de voz na Câmara e muitas vezes não se sente representada. Por isso, pretendo trabalhar com muito diálogo, ouvindo os que mais precisam e lutando por um município com melhores condições de vida para todos”, disse Márcio.

Márcio Morais é servidor do Estado do Rio Grande do Norte desde 2010. Foi diretor do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi por 6 anos e recentemente comandava o Complexo Penal Estadual Dr. Mário Negócio em Mossoró, de onde pediu afastamento para concorrer nas eleições.

“A minha experiência no Sistema Prisional me permitiu conhecer muitas realidades. Sei que o meu município tem muito mais para oferecer a sua população. Não podemos mais aceitar que os nossos jovens se percam no mundo das drogas, que nossos melhores profissionais saiam da cidade por falta de emprego. Isso precisa ser discutido e resolvido”, concluiu.

Márcio é natural de Apodi/RN e em várias ocasiões já foi destaque na imprensa do Estado pelos projetos de ressocialização que desenvolve. Em um dos mais conhecidos, coordenou a construção do Centro de Detenção Provisória, CDP, de Apodi, que utilizou mão de obra dos próprios detentos. O Policial também é escritor e tem dois livros lançados.

capa

14/09/2020

Postado às 14:13