PRF apresenta balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida realizada no RN durante o feriadão

capa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou, nesta segunda (12/10), a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020. Iniciadas a 0h da última sexta (09/10), as ações se voltaram ao monitoramento dos indicadores de esforços, criminalidade e acidentalidade, especialmente com o reforço de efetivo para o policiamento ostensivo preventivo, em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e ocorrências criminais.

Para garantir segurança, conforto e mobilidade aos usuários das rodovias federais do Rio Grande do Norte, a PRF contou, direta e indiretamente, com um reforço no seu efetivo. Os esforços do policiamento qualificado resultaram na fiscalização de 4.754 pessoas e 4.230 veículos. E para coibir a perigosa combinação de álcool e direção, os agentes realizaram mais de 451 testes do etilômetro.

Segurança Viária – Cumprindo com sua missão de promover a mobilidade e a segurança viária, os PRFs flagraram muitos condutores e passageiros contrariando as leis de trânsito durante o feriadão. Colocaram em risco suas vidas e de outros usuários das rodovias, 33 motoristas autuados por alcoolemia ao volante, sendo dois deles presos pelo crime de embriaguez. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou 75 autuações.

Nesse ranking de imprudências mais observadas pelos PRFs estão ainda o não uso do capacete para os ocupantes de veículos duas rodas. 68 pessoas, condutores e garupas, foram flagrados sem esse equipamento que pode salvar vidas. Quando o assunto é ultrapassagem proibida, não importa qual o veículo: motos, automóveis ou veículos de carga, ao todo, 185 condutores foram flagrados realizando essa manobra perigosa.

Motivados por diversos fatores, especialmente os relacionados ao comportamento do condutor, a PRF/RN registrou um total de 15 acidentes nas BRs que cortam o Estado. E a consequência de tantas colisões, saídas de pista, quedas e outros tipos de acidente é o registro de quatro ocorrências graves, 16 pessoas feridas e uma morte durante a Operação.

Criminalidade – Em paralelo às ações preventivas de segurança viária, a PRF dava continuidade ao trabalho de combate ao crime. De 09 a 12 de outubro, 18 pessoas foram detidas pelo cometimento de diversos crimes, entre eles os crimes de trânsito (seis). O total de veículos recuperados foi de cinco só nesse período, estando três deles adulterados.

14/10/2020

Postado às 07:54