Réu acusado de tentar matar colega de trabalho na zona rural de Mossoró é condenado a 4 anos de prisão no semiaberto

O Tribunal do Juri Popular de Mossoró, julgou nesta terça feira 02 de agosto, o agricultor Flaviano Dimas Venâncio, de 26 anos, pela tentativa de homicídio contra Mikaell Hercules da Silva. O crime aconteceu no dia 23 de fevereiro de 2016, no alojamento de uma empresa agrícola, sediada no Sítio Santa Júlia, zona rural de de Mossoró.

Segundo consta nos autos do processo instaurado pela Polícia Civil, que no dia 23 de fevereiro de 2016, por volta da 01h00min, Flaviano Dimas Venâncio tentou matar Mikaell Hercules da Silva que trabalhava na mesma empresa agrícola que o acusado. O crime teria sido motivado por uma discussão entre vítima e acusado, ocorrida há duas semanas antes.

Segundo a denúncia do Ministério Público, no dia do crime a vítima terminou de trabalhar e foi se deitar no alojamento e quando acordo sentiu uma ardência no pescoço, foi quando percebeu que estava com uma faca encravada no local. O rapaz pediu socorro e foi rapidamente levado para o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde recebeu atendimento e conseguiu sobreviver.

O corpo de jurados do Conselho de Sentença, após analisar as teses levantadas em plenário pela defesa do réu, a cargo das advogadas Danielle Soares Alexandre e Andréa Carla Dutra do Nascimento e pela acusação a cargo do MPRN, representado pelo promotor Ítala Moreira Martins, votou na sala secreta para condenação do réu.

Com a decisão dos jurados, o juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros proferiu a pena do réu, condenado a 4 anos é 8 meses  de prisão no regime semiaberto com uso de tornozeleira eletrônica. O promotor de Justiça, Dr. Ítala Moreira Martins disse que o Ministério Público não vai recorrer da decisão do Conselho de Senteça.

03/08/2022
Postado às 08:35

Deixe o seu comentário!