Servente de pedreiro senta no banco dos réus por tentar matar mulher grávida em outubro de 2020 em Mossoró

capa

O servente de pedreiro, Francisco José Andrade da Silva de 57 anos de idade, será julgado pelo Tribunal do Júri Popular de Mossoró, nesta quinta feira 12 de agosto, em sessão que começa as 09h00min, no Fórum Desembargador Silveira Martins.

Ele é acusado de tentar matar a facadas, Elaine Cristina Alves, crime ocorreu no dia 25 de outubro de 2020, por volta das 17h30min na Rua Rodrigues Alves no Bairro Santo Antônio em Mossoró. De acordo com a denuncia do MPRN o denunciado Francisco José, agindo com animus necandi, por motivo fútil, fazendo uso de uma faca, tentou matar a vítima Elaine Cristina e sua filha em gestação, não logrando êxito em seu intento por circunstância alheia a sua vontade. 

Segundo os autos do Inquérito Policial nº 144/2020 – DHM, no dia 25 de outubro de 2020, por volta das 17h30min, o casal Márcio e Elaine bebiam em sua residência quando o Francisco José chegou ao local para participar do festejo de aniversário de um vizinho que estava na casa.

Nesse ínterim, após um rápido desentendimento entre o acusado e os proprietários do imóvel, este abandonou o local e voltou instantes após o ocorrido, armado de faca, quando tentou contra a vida da vítima. Consta ainda que ao ver a cena, Márcio das Chagas, esposo de Elaine, interveio para impedir a morte de sua companheira e do feto, quando fora atingido por golpe mortal de faca, desferido por “Francisco José”, que por sua vez, após a agressão, tentou empreender fuga, mas fora contido por ELAINE CRISTINA com a ajuda de vizinhos até a chegada da polícia militar.

Devido à gravidade da lesão sofrida no ataque praticado pelo denunciado, MÁRCIO DAS CHAGAS PRESTES foi a óbito nas dependências do Hospital Regional Tarcísio Maia. Francisco José Andrade da Silva, será julgado nesta quinta feira, pela tentativa de homicídio contra Elaine Cristina.  Na defesa do réu atuará o advogado Jerônimo Azevedo Bolão Neto e na acusação, o promotor de justiça Eduardo Medeiros Cavalcante. Os trabalhos do TJP serão presididos pelo juiz Vagnos Kelly de Figueiredo.

12/08/2021

Postado às 08:23

Nenhum comentário - Comentar

Comentar