Polícias Civil e Militar prendem, em Antônio Martins, foragido da Justiça de São Paulo por feminicídio

Policiais civis da 76ª Delegacia de Polícia (Alexandria, João Dias e Pilões), com apoio do Grupo Tático de Operação (GTO) da 2ª Companhia Independente da Polícia Militar, deram cumprimento, nesta sexta-feira (27), a um mandado de prisão temporária em desfavor de Abraão Caboclo Vieira, 34 anos.

Ele, preso no Sítio Tamanduá, na zona rural do município de Antônio Martins. Abraão Caboclo era, há três anos, monitorado pela unidade por ser investigado pela suspeita do crime de feminicídio contra sua ex-companheira, praticado no ano de 2018, no estado de São Paulo.

A vítima, Luzileia Queiroz Santos, na época, estava com 39 anos e deixou sete filhos, os dois mais novos, de 2 e 5 anos, da relação com o possível autor do crime. De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), registrado no 26º DP (Sacomã/SP), uma das filhas da vítima viu o crime sendo praticado pelo ex-companheiro da mãe. O mandado foi expedido pela 1ª Vara do Júri, do Foro Central Criminal da Comarca de São Paulo.

Abraão Caboclo foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça de São Paulo. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

30/05/2022
Postado às 14:39

Deixe o seu comentário!