Juri Popular condena réu a 23 anos de prisão por homicídio consumado e outro na forma tentada em Mossoró

O Conselho de Sentença do Tribunal do Juri Popular de Mossoró, condenou nesta segunda feira, o montador de móveis, Diego Maradona Sousa Soares, conhecido como “Diego da Vila”, de 32 anos de idade.

Ele foi julgado pelo assassinato de Jackson Maycon Alves da Silva e pela tentativa de homicídio contra Edinaldo Rocha de Andrade, crime ocorrido no dia 23 de junho de 2013, por volta das 15h30, na Rua Marechal Hermes, no  bairro Bom Jardim, em Mossoró, no Oeste Potiguar.

O corpo de jurados, formado por sete membros da sociedade mossoroense, após analisar as teses levantadas em plenário, pela acusação (Ministério Público) e pela defesa, (advogado) votou pela condenação do réu, entendendo que Diego Maradona é culpado pela morte de Jackson Maycon e pela tentativa de homicídio contra Edinal Rocha.

Após a votação dos jurados, o juiz Presidente do Tribunal do Juri Popular, magistrado Vagnos Kelly de Figueiredo anunciou a sentença imposta ao réu. A pena será de 23 anos, 9 meses e 10 dias e será cumprida inicialmente em regime fechado na Penitenciária Mário Negócio em Mossoró.

19/07/2022
Postado às 09:38

Deixe o seu comentário!