Tribunal do Juri Popular de Mossoró condena réu a 6 anos de prisão por homicídio simples

O Tribunal do Júri Popular de Mossoró julgou nesta seguunda feira 11 de julho, o réu Francisco Valério de Oliveira, de 40 anos, pelo  assassinato de Tiago Garcia Vieira, crime ocorrido por volta das 15h30 do dia 13 de abril de 2011, na rua Professora Raimunda Gurgel Praxedes, no Loteamento Santa Helena em Mossoró no RN

Segundo os autos do inquérito policial, instaurante pela Polícia Civil, o réu, Francisco Valério de Oliveira, juntamente com Rafael Bezerra Fernandes e um menor, foram até a casa da vítima à procura dela e a mataram com disparos de arma de fogo.

Francisco Valério foi condenado a cumprir uma pena de 6 anos no regime semiaberto, possivelmente com uso de tornozeleira eletrônica, mas de acordo com o promotor sw justiça, Dr. Ítalo Moreira Martis, ele poderá ser preso por possuir uma outra condenação por outro crime. Caso isso venha a ocorrer, Francisco Valério terá que cumprir as duas penas em regime fechado.

Durante o julgamento o MPRN, representado pelo promotor ítalo Moreira, pediu pela condenação do réu por homicídio qualificado, mas o corpo de jurados entendeu que se tratava de um homicídio simples, derrubando a qualificadora de crime cometido sem chances de defesa da vítima.

12/07/2022
Postado às 08:51

Deixe o seu comentário!